quinta-feira, 21 de agosto de 2008

• "Tá faltando homem no mercado"? nº 2

Bom dia, queridas leitoras ranzinzas de UADERREL!
Agradeço grandemente pelos recalcinofolejantes e escalafobéticos comentários no post anterior! Isso, somado ao prazer de analisar o comportamento feminino geral com toda a moral que me é peculiar, obrigou-me a adiantar os posts que dão continuidade a este eletrizante tema.

Conforme prometido, hoje analisaremos um dos mais famosos subtópicos da sentença-título: "O Mercado".

Ignorando a estupidez do hábito moderno de usar o "economês" pra falar de sentimentos (e relevando o fato de que este texto não mudará nada na Guerra dos Sexos), vamos jogar dentro das regras: Se o seu empreendimento não tem dado certo, é chegada a hora de matricular-se no Sebrae do Amor de Mestre Kaghanda (primeiras dicas totalmente grátis - só paga o material didático) >>

O que é "o Mercado"?

a) um metrossexual esotérico?
b) um galpãozão perto de casa cheio de ítens fundamentais
como estacionamento com vagas amplas, liquidação de Suflair, Coca light e Dove com hidratante?
c) um ambiente de interesses movido por leis de aquisição e fornecimento?


Poizintão! O blog Uaderrel, este grande veículo de massa (Corcel II de funilaria é a putaquipariu) responde: no assunto em questão, podem ser todas as anteriores como N.D.A. Mas algumas coisas aí são básicas.
- Você quer "algo" e isso não virá de graça.
- Esse "algo" envolve custo e compensação (retorno).
- Na mais-valia desse escambo afetivo-sexual, a regra vale tanto pro "algo" quanto pra "alga" (você, nobre miguxa).

Visão Geral
Pra atrair consumidores é preciso focar no seu nicho, valorizar sua marca e ficar de olho nas concorrentes. Mas de nada adianta cuidar disso tudo e mal ter produto (se quer muito lucro sem ter o que negociar, abra uma franquia da Universal).
O jogo é movido pela Lei primordial, da qual trataremos hoje.

Já ouviram falar em Oferta e Procura?
Pois é, sejamos práticos: a menos que você seja a Angelina Jolie, não convém sonhar com o Brad Pitt. Ajuste seu desejo ao seu cacife ou aumente-o pra alcançar o seu sonho. Ranzinzar só serve pra afastar os que ainda não fugiram ("se ela tá reclamando que os outros não querem, melhor eu não arriscar também").
Aprimore-se: o dito 'muita areia pro caminhãozinho' é superestimado, mas lembre-se que pra sair da várzea e jogar no profissional é preciso melhorar seu passe.
Atenção! Nada de gastar só em marketing: é preciso investir em valor agregado. Propaganda enganosa é fatal na divulgação boca-a-boca. O design legal sempre ajuda, mas um dia sai de moda e se teu produto não for dos bons... o máximo que vão fazer enquanto tu se acaba é encher o vasilhame com outra coisa. Não 'se ache' simplesmente, confira sua cotação real no câmbio.
Agora responda:

  • Suas exigências são as mesmas desde quando tinha 14 anos?
  • São compatíveis com o que você oferece?
  • Como anda sua simpatia, seus talentos pessoais?
  • O que tem feito pra crescer (fora comer sorvete)?



Claro que Poliana poderia dizer: "Ah, mas e o altruismo, a abnegação? É tudo um jogo de interesses?"
À Poliana eu, triste e pesaroso, respondo: "Seu sonho de consumo é o Pedro de Lara? Não encha meu saco, porra".

Tomemos um exemplo:
mulheres chatas tendem a exigir um homem que as faça rir, como se testículos tivessem a propriedade magnífica de curar mau humor (embora eu concorde que alguns casos são justamente falta de... bem, dét zit, respeitemos a metáfora).
Afinal, por que os homens fariam isso?
O que motivaria um deles a preencher este ou qualquer outro requisito (em geral, centenas)?
Nem sua mãe tinha motivação suficiente pra satisfazer todas as suas vontades, muito menos você está afim de fazer o mesmo (por si e pelos outros).
O fato é que o copyright do Bozo sai caro. Claro que nenhuma das nobilíssimas leitoras desse blog jamais vestirá tal carapuça, mas aquela que não lê o blog deve compreender: um dia conhecerás todas as piadas dele; o que hoje é divertido amanhã chamarás "ridículo", e o que é popularidade nas festas tu chamarás "papelão". Isso não quer dizer muito: significa apenas que há coisas que simplesmente você não deve esperar de terceiros. O último homem a fazer milgare morreu na cruz (e, veja só, amava uma puta).
Talvez você descubra que aquele cara dos seus sonhos, 'difícil de encontrar' (eufemismo para "impossível"), encontrou alguém igualmente 'perfeito' - ou melhor ainda, simplesmente optou por um caminho feliz, sem economês nem mimo, onde requisitos idiotas não têm vez. Talvez, e só talvez, você perceba que se tivesse metade das qualidades que exige nos outros, possivelmente já estaria acompanhada - ou nem mesmo precisaria de um homem. A opção seria sua, independente de crises mercadológicas. Então, iluminada por este grande insight nada óbvio, caminhe para longe do exigir, ter e precisar, sob o risco de encontrar, veja só, um alguém para compartilhar.

Coisas assim valem a pena se perguntar e, se você ainda não entendeu... tenho a dizer que também acho absurdo que falte BMW Zero Km a 200 Reais no mercado.


Não precisam agradecer, amiguinhas!
Na próxima edição avaliaremos o famoso nicho de mercado!

5 comentários:

웃 Mony 웃 disse...

Foi mais ou menos o que eu disse...


http://megafony.blogspot.com/2008/08/sapos-encantadores.html

웃 Mony 웃 disse...

Aliás, eu tô incluída aí nesse "ranzinzas"?! :o

De Marchi ॐ disse...

Eita... que pergunta! hehehe
não mando recado por blog, nega... o assunto tá em pauta porque o é divertido pacas e porque ouço isso...deixa eu ver... desde SEMPRE, e SEMPRE quem diz demonstra não ter pensado na estupidez da frase.

웃 Mony 웃 disse...

Eu sei, é que é gostoso fazer draminha. :P
E ainda por cima aumenta a quantidade de comentários... :D

luiz rogério disse...

Hahahahahahaha...
É a mais pura verdade... estes seus dois posts e o da Mony no blog dela...
Mas hoje em dia é difícil encontrar alguém com cara pra dizer isso...
Alguns homens têm medo de parecerem insensíveis e algumas mulheres preferem não entender o recado. Acham que o mundo é melhor idealizado do que vivido na prática.
Por isso os poucos comentários...
Ou não.