terça-feira, 1 de setembro de 2009

Não.

Não. Os ETs não virão nos salvar, nem ensinar que estamos errados e devemos cuidar do planeta.
Nem um Messias - escolha um nome, a granel - virá para limpar suas cagadas.
Nenhum grande líder se erguerá, senão para estar acima dos demais.
Muito menos algum sábio dirá aquilo que já sabemos, como se preciso fosse.
Não nos uniremos finalmente em paz e liberdade. Não sabemos o que ambas são.
Não agiremos no último minuto. E não adiantaria, porque já deixamos pra última hora.
Não queremos reconstrução - a humanidade deseja uma data onde tudo termine.
Enquanto não chega, prorrogamos, abraçados a um novo calendário de algum povo extinto que, como nós, não preparou sementes.

Não. Estamos por si.
Estás por ti.
Estou por mim.


Mas nunca estamos por nós. Simplesmente não seria... o que somos.


A maravilha desse Éon é que todo mundo pode ser Nostradamus.

2 comentários:

Gi Caipira disse...

éééééééé

De Marchi ॐ disse...

/\
|| concordo com a cabrita acima.