domingo, 17 de janeiro de 2010

Pronto para 2010?

Eu não... hehehehe
Aquele ritmo preguiçoso (de sempre) anda mais forte esses dias, principalmente em relação ao dizer. A filosofia de um blog, no entanto, não admite a ideia do silêncio (traduzido de forma eficiente como "se não tem o que dizer, fique quieto" pela minha finada Vó Ana).
Não que não haja assunto pra um palpiteiro de carreira como eu. Há, e muito, em todos os ramos relevantes do dia-a-dia (e o dobro nos irrelevantes - que dão mais IBOPE).
Maaas... considerando que o ano no Brasil só começa depois do carnaval... talvez seja melhor eu respeitar a tradição! Só adianto que, entre resoluções de fim de ano que não cumprirei, entre ações que tomarei por pura pressão e por umas poucas tomadas de consciência realmente integrais, logo logo apareço com mudanças importantes (certamente para mim, talvez para alguns de vocês). O que posso adiantar é que, seis quilos mais magro e cuidando um pouco melhor da saúde do que em 2009, já sinto estímulo para cuidar de outras áreas que andavam abandonadas, como se fossem menos importantes para a minha sanidade do que dinheiro e trabalho. Arte, relacionamentos, novos sentidos para a vida... ainda que 2010 seja, por desejo e por necessidade, o meu Ano da Saúde, esses outros setores necessariamente não ficarão de fora do processo que já começou (e me admira não ter deixado pra começar numa segunda-feira, como toda boa dieta que não chega ao sábado).
Enfim, quem gostar deseje-me sorte, afinal um troll bem-cuidado é mais divertido de acompanhar que um leprechal enfermo.

***

Descobertas do mês:

a) Quer destruir um homem? Chegue, toda faceira e garbosa, e chame-o de tio.

b) É verdade que uma droga leva à outra. A geração Tamagoshi tem um novo vício: Farmville (do latim fazenda de Satã), a coqueluche do Feicibúqui.

b) Não sabe o que é Feicibúqui? Imagine um orkut from hell, onde gasta-se dinheiro real por coisas irreais, cultiva-se a visão empreendora criminal e acorda-se no meio da noite para alimentar kilobits de vacas.

3 comentários:

Aline disse...

Poxa Tio...

Não acho que comentar em seu blog faz de mim uma desocupada...

Risos...

Mas é engraçado!

Gi Caipira disse...

hummm ... eu não tenho paciência com a fazenda de satã ... :(

Anônimo disse...

Vai carpir um quintal!


Jana