segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

• Climão, né?

edit: (atualizado 10/12/08)

Eu imagino que você não está atrás de histórias doloridas quando vai num blog. Eu sou a mesma coisa - afinal a vida já tem tanto por si que, após o vômito diário da TV, da Rádio Peão, da fofoca da vizinha... pra quê mais?
Mesmo assim há coisas que eu não posso furtar-me a dizer. Não que faça diferença no contexto do mundo - não faz - mas talvez o desabafo de uns ajude a organizar os pensamentos de outros). De qualquer modo, é inegável que os posts andavam baixo-astral.
Este blog tinha alguma pretensão tácita de ser cômico e, por mais que eu evitasse, a ironia anda de mãos dadas com o romantismo desiludido, logo chegamos a este ponto. Não creio que esta seja a 'nova cara' da página - apenas uma reação ao momento que não poderia ser ocultada sem resultar em desonestidade.

Mas... ei! Ainda há algo de fiel à proposta! Mantenho o foco no Frango com Polêmica - sem môio, que é pra não emplastrar. Tentarei focar alguns temas que têm batido na minha porta nos últimos tempos sem pesar no clima. Bom humor, afinal, a gente só descobre se tem mesmo nesses momentos.

Me acompanha?

6 comentários:

Janaina disse...

To junto :D

Mariana disse...

eu quero rir também, gargalhar se possível, mas não só de piada vive o homem, o drama é necessário e por que não? humor negro?
o comentário que deixei por exemplo na sua útima postagem vejo como tal: pena que a desbundada nao se matou, eu chamaria de seleção natural
meu amigo Xande que acompanha o seu blog, só nao é desocupado para postar heehe, achou graça, eu já de minha parte estava sendo malvada mesmo :-P

웃 Mony 웃 disse...

Acho que nem precisava dizer, mas, te acompanho, sempre, claro! ;)

Karin disse...

Negar os momentos de reflexão não seria saudável, eles fazem parte das nuances que fazem o nosso dia a dia interessante.

E humor é inevitável para quem o tem.

Prossigamos... :)

Mario Ferrari disse...

minha mãezinha também fez parte da seleção natural. Quando no auge de seu diabetes foi ser operada para que lhe amputassem a perna, a teimosa disse que não sairia viva de lá. Isso não mesmo! E não é que ela conseguiu, a danada! (nem esperou pela eutanásia hehehe...

Saudações dionisíacas a todoos!
Mario

Mario Ferrari disse...

cOMO CÊ FICOU BEM NA FOTOGRAFIA COM O NOVO IMPLANTE MEU PEQUENO GNOMO NATALINO!
BEIJO GRANDE! TEAMO, TEALMO, TELAMBO,TEGOSTO MULEQUE!