sexta-feira, 16 de maio de 2008

• Momento indignado - parte 1

A.k.a "ô minha nossa senhora da rebucetência irrestrita":

Deixo aqui meu protesto ao estúpido e multiplamente idiota Multiply por desprazeirosa e sorrateiramente tentar obrigar-me a registrar meu incomensurável nominho naquela merda de site. Não estou interessado em genéricos do orkut (mal dou conta de um), só quero postar uma porra de um comentário nos blogs do meus amigos.

É pedir muito?

Odeio arapucas. Digam logo "vamos vender seus dados pessoais fornecidos nesse gigantesco banco de dados de consumidores que todos pensam que é grátis, mas você vai se divertir".
Ofende menos.
Não sei desde quando as pessoas tornaram-se propriedades do Multiply (talvez em alguma entrelinha daquele aviso que ninguém lê antes de clicar em "aceito os termos de uso" - e que de qualquer maneira têm o mesmo valor judicial que uma foto de OVNI) nem quanto ganham pela exclusividade sine qua non, mas enfim... surpreendo-me que ainda haja neste mercadinho chinfrim da informática empresas estúpidas o suficiente para achar que coagir o usuário dá retorno em longo prazo.
Cobrar pra dificultar minha vida? E nabunada não vai dinha, né fio?

Quem não tá afim de mandar uma Microsoft sentar num toco de inhambu com picles? Levante a mão.
Então.

Em tempos de Google, cabe ao empresário-cabeça (algo como enterro de anão - nunca vi mas suponho que exista) encontrar novas formas de lucrar sem tornar o consumidor um refém. É por isso que a Telefônica perde mais clientes do que eu perco cabelo e o Google é venerado (e tenho meus dois pés atrás, apesar do usufruto). Acordem,senhores. Seus roncos atrapalham meu sono.

O bom da internet é que, apesar de apático e acomodado, o usuário é infiel pra chuchu.

Como diria Irmã Dulce:
"Pau neles!"

3 comentários:

Anônimo disse...

eu sou do tempo que num tinha disso la nao mano. vai ver que é por causa disso que o ibope das minhas musica caiul. he he he he he he he he he he he he he he he he he he he he he he

De Marchi ॐ disse...

P.S.: Karin, eu adoraria postar comentários no seu blog mas o Multiply discorda. :(

Karin disse...

Maldito Multiply! rsrsrsrs

Vamos arranjar um meio de burlar a burocracia... Manda por e-mail, eu coloco lá e indico a tua autoria. ;)

(agora eu quero saber qual é o comentário...)

Beijinho